Alimentação Saudável - Atleta Brasileiro

Como se alimentar bem e fazer um bom desjejum

diversos alimentos

Nesse post queremos passar a ideia de que é possível comer bem e se manter saudável, num corpo relativamente bacana, mesmo que você não faça exercícios.

Como se alimentar bem

Se os alimentos são o combustível que produz a energia para viver, é lógico concluir que o ideal é alimentar-nos de acordo com a quantidade de energia gasta no decorrer do dia.

 

Podemos identificar o primeiro erro da maioria das pessoas logo pela manhã. De manhã, consumimos em média 300 calorias por hora, á tarde, cerca de 200 e à noite apenas 50. Se pela manhã, o consumo de calorias é maior, a ingestão de alimentos também deve ser maior. No almoço, a quantidade poderá ser reduzida, já que gastamos menos calorias à tarde. À noite, a quantidade deverá ser mínima e constituída de alimentos leves.

 

Lembre-se de distribuir essas calorias entre 6 refeições, não consumindo todas de uma vez só. Outra coisa, esses números são para pessoas que não possuem um gasto de energia grande ao longo do dia em atividades físicas.

 

alimentos coloridos

 

 

Comer bem – Sem restrições

Deixe claro pra si quais serão seus hábitos alimentares diários de acordo com uma regra básica: a primeira refeição deve ser um banquete, como se você fosse um rei. A segunda será a refeição de um príncipe, e a terceira e última de um mendigo. Podemos fazer esta analogia apenas para mostrar qual refeição você deve se “dedicar” mais.

 

Em relação ao desjejum e ao jantar, as pessoas estão invertendo a maneira de se alimentar, tornando a última refeição a mais importante, com um volume maior de alimentos, obrigando o organismo a trabalhar quase a noite toda em um período onde seu corpo não vai gastar muita energia. E o pior: este hábito se torna um ciclo vicioso. Ou seja, o jantar abundante, produzindo um acúmulo de energia que não será consumida imediatamente, levará à falta de apetite pela manhã e à consequente indisposição depois de uma noite mal dormida.

 

Se você é daquelas pessoas que pretendem diminuir uma refeição diária para perder peso, precisam levar essas informações em consideração. Diminua seu consumo de alimentos no período noturno. Talvez até no período vespertino, mas jamais no matutino. Seria como começar a viagem do dia sem combustível algum. Fazendo com que você “engane” seu estômago com cafezinhos, balas e doces.

 

 

Bom desjejum

 

Aqui vão algumas razões para você se alimentar bem logo cedo pela manhã:

 

  • Após cerca de onze ou doze horas desde o jantar até a manhã seguinte, o corpo precisa repor a energia. A refeição matinal é a maneira correta de providenciar combustível para colocar o organismo em maior atividade.
  • Quem se alimenta melhor de manhã, pensa melhor, tem raciocínio mais rápido e, por isso, é mais eficiente e produtivo em suas atividades ao longo do dia.
  • O bom desjejum provê nutrientes importantes que não são obtidos em quantidades adequadas nas outras refeições. Pessoas que não se alimentam bem de manhã, costumam ter carência de cálcio, vitamina C e riboflavina.
  • Sabia que um desjejum ideal evita acidentes? Exatamente isso. Inúmeras pesquisas demonstram o valor de um bom desjejum: em uma indústria têxtil na Carolina do Norte, EUA, observou-se que três dentre quatro acidentes ocorriam entre os empregados que não haviam tomado desjejum.
  • Durante nove anos, o Dr. Lester Breslow, da Universidade da Califórnia, observou um grande número de pessoas para determinar os “bons hábitos de saúde” que ajudam a determinar menos mortalidade numa população. Dentre estes hábitos destacou o desjejum diário. Ao estudar a mortalidade das pessoas nesses nove anos, e relacioná-las com diferentes “boas práticas de saúde”, descobriu que a mortalidade era maior entre os que nunca ou raramente se alimentavam bem ao acordar.
  • Grande número de pesquisas realizadas entre estudiosos determinaram maior rendimento entre os que têm desjejum como sua principal refeição do dia.

 

Caso ainda considere a refeição vespertina ou a janta mais importantes, lembre-se dessas dicas pessoal. Até a próxima!

 

Textos Relacionados



Atleta Brasileiro




Deixe um comentário

*